Volume 22 - Novembro de 2017
Editor: Giovanni Torello


Maio de 2003 - Vol.8 - Nº 5

Editorial

Prezados leitores,

Esse mês, a Psychiatry on line Brazil, publica um artigo no qual, a Dra. Maria Cezira Nogueira Martins da Unifesp, aborda o tema da “Humanização da assistência e formação do profissional de saúde”.

O colega Carlos Alberto Crespo de Souza continua a sua serie de artigos sobre temas comuns e, freqüentemente polêmicos, nas especialidades da neurologia e psiquiatria: “Quem deve tratar transtornos psiquiátricos em pacientes neurológicos”.

Na sua coluna de psicanálise, o colega Sergio Telles, nos presenteia com uma reflexão literária e psicológica sobre a condição feminina, a partir do brilhante filme e o livro homônimo “As Horas”.

O coordenador da coluna de Historia da Psiquiatria, o nosso querido Walmor, encontra-se em plena recuperação cirúrgica e, sem perder o ritmo, esse mês publica o trabalho da colega Ana Claudia Delfini sobre o tema, “A imigracao italiana e saúde mental: Mais um (louco) para Brusque?”

E finalmente o Erick, lá dos USA nos envia uma matéria sobre a questão da invisibilidade social a partir do livro de Ralph Ellison “Invisible man”.

Uma boa leitura a todos,

O Editor

Artigos
HUMANIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA E FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DE SAÚDE - Maria Cezira Fantini Nogueira Martins
QUEM DEVE TRATAR TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS EM PACIENTES NEUROLÓGICOS? - Carlos Alberto Crespo de Souza

Psicanálise em Debate
Coordenação: Dr. Sérgio Telles
SERIA A CONDIÇÃO FEMININA O TEMA CENTRAL DE “AS HORAS”? ou AQUI NINGUÉM TEM MEDO DE VIRGINIA WOOLF. PELO CONTRÁRIO. - Sérgio Telles

No Paiz dos Yankees
Coordenação: Dr. Erick Messias
Ainda sobre Invisibilidade Social- Dr. Erick Messias

História da Psiquiatria
Coordenação: Dr. Walmor J. Piccinini
A imigração italiana e saúde mental: Mais um (louco) para Brusque? - Ana Cláudia Delfini


TOP