Coluna
Historia da Psiquiatria

Coluna
Psicanalise em Debate

A SEGUNDA ESPADA – Peter Handke (*)

Janeiro de 2023 – Vol. 28 – Nº 1 Sérgio Telles A SEGUNDA ESPADA, primeiro livro de Pater Handke depois de receber o Prêmio Nobel em 2019, tem o título explicado nos versículos de Lucas da epígrafe – um trecho do Evangelhoque suscita interpretações divergentes: há legitimidade no uso da força e da violência? É esse o tema do livro. …

Artigo do mes

O HUMANISMO MÉDICO E A RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE

Janeiro de 2023 – Vol. 28 – Nº 1 Walmor J. Piccinini A partir de uma reportagem da Revista Super Interessante sobre Relação médico- paciente minha querida amiga Maria Helena Martins me faz um pedido para que escreva sobre esta relação para o CELPCYRO. Este assunto precisa de um livro, aliás, já organizado por Cyro Martins e que resultou no …

Artigo do mes

FORTALECIMENTO DOS HOSPITAIS PSIQUIÁTRICOS NAS “NOVAS POLÍTICAS NACIONAIS DE SAÚDE MENTAL E DROGAS”

Dezembro de 2022 – Vol. 27 – Nº 12 Quirino Cordeiro (Psiquiatra; Secretário Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania (2019-atual); Coordenador-Geral de Saúde Mental do Ministério da Saúde (2017-2018).   Por mais de três décadas, pacientes com transtornos mentais graves e dependência química, bem como seus familiares, viveram situação de grave desassistência, em decorrência de …

Coluna
Psicanalise em Debate

PSICANÁLISE NO MUNDO – NOVEMBRO 2022

Dezembro de 2022 – Vol. 27 – Nº 12 Sérgio Telles   Virginia Bicudo, primeira psicanalista negra do Brasil, nascida em 21/11/1910, foi homenageada pelo Google, com um “doodle” (desenho que ilustra sua página de abertura) e uma pequena biografia. Virgínia Leone Bicudo: quem foi a psicanalista negra pioneira homenageada pelo Google – BBC News Brasil   Numa tentativa de …

Artigo do mes

DEMÊNCIA – CONDENAÇÃO AO EXÍLIO E ISOLAMENTO?

Dezembro de 2022 – Vol. 27 – Nº 12 Walmor J. Piccinini   Desde os anos 70 dedico boa parte da minha atividade clínica para tratar idosos. Ao longo do tempo o simples critério etário não é suficiente para descrever um grupo heterogêneo como são os idosos. São diferentes no aspecto físico, familiar, profissional e conjugal. Solitário ou não, cuida …