Categoria: France Brasil Psy

  • ESCREVER COMO SE EU CONTASSE UM SONHO

    ESCREVER COMO SE EU CONTASSE UM SONHO   Sonho quase todas as noites, por isso não entendo as pessoas que dizem  nunca sonhar. Esta noite sonhei uma primeira vez, acordei-me às 5 horas, relembrei meu sonho e repeti, temendo esquecê-las ao despertar, as palavras: dúvida, obsessão e paranoia. Mas esqueci a primeira palavra desta sequência, o que me intrigou bastante. …

  • MILITANTISMO UNIVERSITÁRIO E ENGAJAMENTO POLÍTICO

    1. MILITANTISMO UNIVERSITÁRIO E ENGAJAMENTO POLÍTICO Os leitores ocasionais deste  testemunho perceberão imediatamente que meu militantismo universitário,  entre 1960 e fins de  1963,  e minhas atividades nos três primeiros anos após a instalação da Ditadura e antes de deixar o Brasil,  foi um engajamento intelectual fundado em ideias humanistas que minha juventude exacerbava. Não fui um combatente no sentido de …

  • DO BEBÊ À ADOLESCÊNCIA: O IMPACTO DO TRAUMATISMO

    Atentados terroristas, agressões sexuais, guerras, assédio… A revista ENFANCES & PSY aborda a questão atual do traumatismo e de suas consequências sobre o desenvolvimento psíquico da criança. Como compreender tais acontecimentos que causam consequências duradouras? Uma dezena de artigos evocam a necessidade do acompanhamento dos menores estrangeiros que chegam na França. Uma boa parte desses trabalhos aborda a questão do …

  • NASCIMENTO DA PSICOLOGIA DA CRIANÇA

    Referência : Martine Fournier, Les Grands dossiers des sciences humaines n° 47, Juin-Juillet-Août 2017 Foi na segunda metade do século 19 que nasceram os primeiros trabalhos sobre a psicologia da criança. Em 1877, Charles Darwin (1809-1882) publica Esquisse biographique d’un petit enfant, a partir da observação de seu filho. Nos Estados Unidos, Grandville Stanlay Hall (1844-1924) funda, em 1893, a National …

  • MARIE CRISTINA CAVALCANTE (segunda parte)

    Sobre Nilzardo Carneiro Leão Cristina, amiga de longa data, daqueles tempos felizes quando frequentávamos os cursos da Faculdade de Medicina, muito obrigado pelo envio do excelente artigo do advogado Nilzardo Carneiro Leão. Ocorre que devo muito a Nilzardo, que aceitou a incumbência de me defender quando fui indiciado ao mesmo tempo que outros 28 estudantes, pelo Ministério da Guerra, 7ª. Região Militar. O …

  • MARIA CRISTINA CAVALCANTI: CORRESPONDÊNCIA (primeira parte)

    30/11/2011 Li no Jornal do Brasil de ontem a entrevista de José Padilha que estou te enviando agora. A entrevista pode -e deve- ser debatida, discutida, contestada, aprofundada em certas passagens. Mas, de uma maneira geral, o diagnóstico que ele fez sobre o surto de violência atual é correto.  E o tratamento que propôs, eu o assinaria com as duas mãos, como dizem por aqui. Talvez …