Volume 11 - Março de 2006
Editor: Giovanni Torello


Março de 1999 - Vol.4 - Nş 3

Psicoses - (Parte II)

Cintia Dias

Dando continuidade ao tema iniciado no mês anterior, falaremos um pouco sobre sintomas psicóticos causados por doenças não psiquiátrica.

Nosso organismo é muito sensível a pequenas alterações, nosso cérebro não é diferente, assim quando algo não vai bem com nosso corpo, a mente também pode sofrer...

Quando alguém apresenta sintomas psicóticos necessáriamente está com uma doença psiquiátrica?

Não, os sintomas podem apenas estar indicando que algo não está bem no corpo (doença física).

Quais as doenças que podem levar a tal situação?

  • Hipo ou hiperglicemia, ou seja: falta ou excesso de açúcar no sangue, geralmente associado a Diabetes.
  • Alterações para mais ou para menos de certas substancias presentes no nosso sangue como: sódio, potássio, cálcio, magnésio, etc. Várias são as causas para tais alterações, entre elas: problemas nos rins, em algumas glândulas, etc.
  • Hipóxia isto é, falta de oxigênio no sangue e consegüentemente em todo nosso corpo.
  • Problemas graves no fígado e/ou nos rins (Orgãos responsáveis por manter nosso sangue livre de impurezas).
  • Falta severa de algumas vitaminas como: tiamina(B1), niacina, piridoxina(B6) e B12.
  • Intoxicação por algumas substâncias: monóxico de carbono(fumaça dos carros), chumbo, arsênico, mercúrio, manganês, tálio, etc.
  • Alterações da glândula tireoide, levando ao aumento dos hormônios (hipertireoidismo) ou redução (hipotireoidismo).
  • Infecções como: meningite, AIDS, etc.
  • Doenças inflamatórias como Lúpus, vasculites (inflamação dos vasos sangüíneos), etc.
  • Tumores quer no SNC (sistema nervoso central) como de outras partes do corpo.
  • Intoxicação por certos medicamentos, ou drogas (lícitas ou não).

O que fazer nestes casos? A pessoa melhora?

Na grande maioria dos casos, o tratamento da doenças ou distúrbio que está causando os sintomas é sulficiente para a melhora da pessoa, porém, em alguns casos há a necessidade do uso de medicação expecífica (neurolépticos*) por algum tempo para o alívio dos sintomas.

* medicação usada no tratamento dos sintomas psicóticos, esse assunto será melhor abordado nos próximos meses.           

Por hora é só, aguardo E-mails, no próximo mês abordaremos quadros psiquiátricos propriamente ditos. Até lá...


TOP