Volume 22 - Novembro de 2017
Editor: Giovanni Torello

 

Dezembro de 2010 - Vol.15 - Nº 12

História da Psiquiatria

ELLIS ALINDO D´ARRIGO BUSNELO (1932 - )

Walmor J. Piccinini

Da cidade de Bento Gonçalves, na serra gaúcha, tenho gratas lembranças por lá ter passado minha infância e juventude. Foi lá que comecei a ter contato com essa figura destacada da psiquiatria do Rio Grande do Sul, o Professor Ellis Busnello. Estudei no Colégio Marista Nossa Senhora Aparecida e nele Busnello deixou sua marca, era visto como realizador de um sonho possível, estudar medicina. Depois dele muitos Bentogonçalvenses seguiram esse caminho e vários se tornaram psiquiatras. Bento Gonçalves tem o segundo IDH do Estado do Rio Grande do Sul, uma das maiores e mais bem distribuídas rendas per capita do Brasil, terra de pessoas agitadas e empreendedoras. Essa é a marca de Ellis Busnello, inquieto, empreendedor, preocupado com o bem comum e de abrir caminhos para os mais jovens. Antes de se tornar figura da nossa psiquiatria, participou junto com o então deputado Paulo Mincarone e outros abnegados na instalação de um Colégio Estadual e na construção de uma Unidade Hospitalar.

Do colégio Estadual fui um dos beneficiários, pois graças a ele consegui cursar o segundo grau e depois entrar para a Medicina. Não fosse isso minhas possibilidades de continuar estudando seriam limitadas.

Nesse primeiro contato com a figura de Ellis Busnello vou dar algumas pinceladas biográficas e salientar alguns pontos marcantes da sua atividade como psiquiatra e professor.

No Estado, dirigiu o “Murialdo” e o Hospital Psiquiátrico São Pedro. Na Unidade São José do Murialdo participou da criação da Primeira Residência de Medicina Comunitária do Brasil. No HPSP criou a Residência Multiprofissional.

Na área da Universidade Federal foi professor titular de psiquiatria das duas federais de Porto Alegre, a da UFRGS e da FFFCMPA. Participou da criação do Curso de Pós–Graduação em Ciências da Saúde e do Pós em Psiquiatria da UFRGS.

Teve grande participação na AMRIGS e na ABP.

Dados Biográficos

Ellis Alindo D´Arrigo Busnello, filho de João Antônio Busnello e de Alinda D´Arrigo Busnello, nasceu em Bento Gonçalves, RS, em 7 de maio de 1932. Sempre pareceu ter menos idade, hoje, aos 78 anos, se mostra jovem e participativo. Está presente em todas as atividades relacionadas à sua paixão, o Ensino Universitário e a Psiquiatria.

Seus estudos primários iniciais foram realizados com professores particulares, ingressando em 1940 na 2ª. Série primária do recém fundado Ginásio Municipal Na. Sa. Aparecida de Bento Gonçalves. Conclui o Curso Primário em 1942 e ingressa, em 1943, após Exame de Admissão, na 1ª. Série do Curso Ginasial, que conclui em 1946. Em 1947 ingressa no Curso Colegial Científico (II Ciclo) do Colégio Estadual Júlio de Castilhos de Porto Alegre, que conclui em 1949. Em 1950 é aprovado no concurso vestibular para duas Faculdades, de Medicina e de História Natural.

Como aluno de Cadeira Isolada, na Faculdade de Filosofia, de 1950-53, freqüenta as disciplinas de Biologia (Geral e Genética) e de Zoologia do Curso de História Natural. Na Faculdade de medicina, além de cursar as Disciplinas e realizar Estágios regulares, é preparador da Cadeira de Histologia e, nos três últimos anos do Curso de Medicina (1953-1955), sob regime de Internato, realiza Estágios nos Serviços de Clínica Médica da Enfermaria 28ª, de Clínica Urológica da Enfermaria 31ª., na Maternidade da Santa Casa e no HPS Municipal.

Graduando-se em Medicina em 1955, continua a desenvolver atividades em Clínica Geral, como Médico Assistente da Enfermaria 28ª, e em Medicina de Urgência e Neuropsiquiatria no HPS, locais onde solidifica conhecimentos de MG e Neurologia, básicos para o desenvolvimento de sua carreira psiquiátrica, e dos quais só se desvincula definitivamente em 1959 quando assume funções de psiquiatra do HPSP do então Departamento Estadual de Saúde.

Em 1956 estagiou nos EUA com bolsa do governo americano.

E 1957 a 1959 participa do I Curso de Aperfeiçoamento em Clínica Psiquiátrica (1957) e de Especialização em Clínica Psiquiátrica (1958-59), que conclui em dezembro de 1959. Em 1960 recebe o título de Especialista em Psiquiatria pela FAMED-UFRGS.

De 1957-59 trabalhou no Serviço de Psiquiatria dos funcionários da Varig.

Em 1959 é nomeado Médico Clínico Interino, pelo Governo do Estado, e designado para exercer funções de Psiquiatra do HPSP, com lotação na Secretaria da Saúde do Estado. Em 1961 presta concurso para Médico Clínico e é efetivado. Em 1963 faz novo concurso agora para psiquiatra. Ainda em 1960 até 1965 chefiou e reestruturou o Pavilhão de Toxicômanos do HSP.

De 1963 a 70 realiza sua formação psicanalítica na SPPA. Em 1976, apresenta trabalho de conclusão e passa a Membro Associado da Sociedade, bem como da Associação Brasileira de Psicanálise e da IPA.

Em 1962 é nomeado Instrutor voluntário e em 1963 passa a Instrutor de Ensino Superior da Cadeira de Psiquiatria da UFRGS.

1964 realiza prova para Auxiliar de ensino. Em 1973, após obter o título de Mestre na John Hopkins, passa a categoria de Professor Assistente.

Em 1977, novo Concurso, obtém os Títulos de Doutor em Ciências e Livre Docente.

Em 1979 passa a Professor Assistente.

Em 1984, por ter se classificado em 1º Lugar no Concurso para o Provimento de Cargo para Professor titular do Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal da Fac. De Medicina da UFRGS, assume as funções de Professor Titular no referido Departamento., passando  a exercer atividades de ensino,tanto no senso lato (Residência em Psiquiatria) quanto na Pós-graduação senso estrito, no Curso de Pós-Graduação em Medicina: Clínica Médica ( Mestrado e Doutorado). Esse trabalho na pós-graduação é considerado por ele o mais importante estágio de evolução acadêmica que atingiu.

Desenvolveu atividades de ensino em várias faculdades alem da de medicina.

A partir de 1966, mediante convênio entre a FAMED e a SSMA é designado para atender e pesquisar Saúde Mental na Unidade Sanitária Murialdo, sede do Estágio de medicina Integral do Departamento de Higiene e Medicina Preventiva da Famed-Ufrgs. Em 1967 foi nomeado Médico Chefe substituto e em 1972 assumiu o cargo em definitivo. Passa a liderar um trabalho comunitário que a transforma num modelo de Sistema Comunitário de Saúde, com reconhecimento nacional e pela OMS.

Cria a primeira Residência Médica e Estágio Especializado em Saúde Comunitária.

Participou ativamente das atividades da AMRIGS e outras entidades.

Sua experiência na Unidade Murialdo resultou na sua tese de livre docência “A Integração da Saúde mental num Sistema de Saúde Comunitária”.

Em 1982, após dez anos de chefia da Unidade Sanitária Murialdo, pede sua exoneração e passa a assessorar programas de prestação de serviços de saúde, de ensino e de pesquisa. Do seu trabalho na chefia ficam: o 1º. Modelo experimental no país de um Sistema de Saúde Comunitária, a 1ª. Residência e Estágio para a formação do Médico Geral Comunitário e Especialista não médicos em Medicina Comunitária, e a Sociedade Brasileira dos Médicos Gerais Comunitários, da qual foi agraciado como o primeiro Sócio Honorário.

Em 1983 assume a direção do HPSP e fica durante quatro anos. Criou Residência Multidisciplinar e deu continuidade ao plano de setorização.

Em 1987 quando termina seu período na direção do HPSP, passa a dedicar-se a pós-graduação da UFRGS. Em 1989 faz novo concurso para professor titular de Psiquiatria na FFFCMPA, vence e acumula  os cargos nas duas faculdades federais de Porto Alegre.

Em 1990 é convidado a participar e toma posse da Cadeira 34 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina, cujo patrono  é Jacinto de Godoy Gomes. A Academia é composta de 60 membros, 40 da Capital e 20 do Interior.

No meio de tanta atividade acadêmica constituiu família. Casou-se com Maria Virginia e teve dois filhos, João Victor e Maria Luiza. O filho, João Victor Busnello depois de psiquiatra graduado foi para os EUA e lá entrou para uma Residência Médica. Casado com Luciana, também médica psiquiatra. Sua filha Maria Luiza é advogada em Porto Alegre.

Na Pós-Graduação.

O professor Gerhard Jacob batalhou para que se criasse uma pós em Clínica Médica, mas raros os doutores, pois para obter tal título era necessário se afastar do Estado em busca de formação. Nessa busca conseguiu reunir um grupo de doutores e foi formada a primeira Comissão Coordenadora do Curso de Pós-graduação em Clínica Médica. Do grupo participavam os Professores Jorge Gross com doutorado na USP- Ribeirão Preto e a Professora Helena Schmid que estava na Universidade de Brasília e era egressa do doutorado da USP-RP. O Professor Renato Procianoy, doutor pela USP - SP, o Professor Ellis Busnello que tinha um Master em Saúde Pública pela Johns Hopkins e Livre Docência pela UFRGS e a Professora Maria Inês Schmidt com doutorado na  Johns Hopkins. Sendo os dois primeiros coordenadores formados pela USP-Ribeirão Preto, o modelo adotado foi o da pós-graduação de Ribeirão Preto. O Primeiro Coordenador foi o Professor Jorge Gross, o segundo foi a Professora Helena Schmid e o terceiro foi o Professor Ellis Busnello. Com a formação de novos doutores foram se ampliando as possibilidades de novos Cursos de Pós-Graduação entre eles o de Psiquiatria com vários doutores orientados pelo Professor Ellis Busnello. Em vários artigos tenho procurado destacar a importância dos professores orientadores na formação de doutores, ninguém é filho de chocadeira, todos  tiveram um mentor e a ele devem agradecimentos.  Formandos que, direta ou indiretamente estão ligados a atuação de Ellis Busnello na pós-graduação da UFRGS:

Descendentes de Ellis Alindo Darrigo Busnello (109 artigos)

 

           

Ellis Alindo Darrigo Busnello    

 Mestrado      

Aida Pereira Santin (1988); Marcelo P de Almeida Fleck (1991); Luiz Augusto Paim Rohde  (1995); Luís Augusto Paim Rohde (1995); Maurício Medeiros (1995); José Geraldo Vernet Taborda (1996); Olga Garcia Falcetto (1997); Luciana Ribeiro (1999);   João Werner Falk (2000);Simone da Silva Fleig (2001);  Rubem de Souza Menezes (2001); Ygor Arzeno Ferrão (2001); Ana Cristina Tietzmann (2003); Dinarte Prietto Alexandre Ballester (2003); Cristina Silveira Moraes Leite (2004); Paulo Ricardo Martins Souza (2007).

 Doutorandos de  Ellis Alindo Darrigo Busnello

+Doutorado    

José Manoel Bertolote  (1991) –

10. Bruno Russomano de Mendonça Lima. (1991).

Paulo Silva Belmonte de Abreu    (1995) – (110)

            +Mestrado      

Wilson Trucolo Filho (1994); Analuiza Camozzatto (1997); Adriana Carvalhal (1998);  Maria Inês Lobato (1998); Clarissa S. Gama (2000); Pedro Eugênio Ferreira (2000); Ana Lucia Baron (2001);  Alexei Gil (2002); Miriam Garcia Brunstein (2002); Cristiane Martins (2003); Carla Bicca (2003); Carlos A. Salgado (2004); Cristiane Damacarena Martins (2004); Aline Gonçalves Fischer (2005); Carmen Lucia Azevedo (2005); Katiane Kalil (2006); Eloisa Ferreira ( 2007); Marcelo M. Victor (2008); Danilo Rocha de Jesus (2008); David Freitas de Lucena (2008); Rafael Henrique Candiago (2007); Christiane Ribas Garcia (2007); Haroldo Evangelista Vargas (2007); Ana Carolina Silva e Valls (2007);

 

 

 Paulo Silva Belmonte de Abreu:  

+Doutorado    

 Maria Inês Lobato  (2000);  Diogo Lara (2002); Marilene Zimmer (2002);            Eugênio Horacio Grevet  (2002);  Adriana Carvalhal (2003);Clarissa Severino Gama   (2004); Pedro Eugênio Mazzuchi Santana Ferreira ( 2006); Marilene Zimmer (2006).

 

Luiz Augusto Paim Rohde       1997 – (106)

+Doutorado    

Tatiana Roman ( 2001); Marcelo Schmitz (2005); Sylvia Oswald m(2005); Guilherme V. Polanczyk (2008);- Cláudia  Szobot (2008);-  Silza Tramontina (2008); Luciana Anselmi (2009); Adriana Corrêa Costa (2009);

Luiz Augusto Paim Rohde:    +Mestrado      

Marcelo Schmitz  (2000); Silzá Tramontina Schmitz  (2000);  Tadeu Lampert (2002); -   Cláudia Szobot (2002); Silvia Martins (2002); Maria Lucrécia Zavaschi (2003);           Alceu Gomes Corrêa Filho (2004); Guilherme Vanoni Polanczyk (2005); Ana Soledade Graeff Martins (2005);  Christian Costa Kieling (2006); Marcelo Calcagno Reinhardt  (2006); Cristian Patrick Zeni (2006); Marcia Menegassi (2009); Carlos Renato Moreira Maia (2009); Gabriel Ferreira Pheula (2010); Daniel Tornaim Spritzer (2010).

5. Flavio Pechansky   1998 – (80)

 +Mestrado      

Ana Flávia Barros da Silva Lima (2002); Félix Henrique Paim Kessler (2003);           Ana Margareth Siqueira Bassols (2003); Marco Aurélio Camargo da Rosa (2003);           Anna Williams (2006); Lisia Von Diemen  (2006); Gabriela Baldisseroto (2007);           Raquel de Boni  (2008); Fernanda Cubas (2008); Sibele Faller (2008); Micheline Alves de Moraes.(2010).

 

+  Doutorado

 Cláudia Maciel Szobot  (2008)

6.Luciana Petrucci Gigante        2002 -

 +Mestrado      

Renato Minozzo (2003); Natan Estivallet (2005); Alexandre Garcia Islabão (2005); Márcia Gomes  (2005);  Adenir Silva Moraes (2006); Regina Pimentel Loureiro (2003)  Leila Tanous (2004); João Werner Falk (2006).

7. Regina Pimentel Loureiro (2003)

8. Airton Tetelbom Stein          1998 -

+Mestrado      

Margareth Rodrigues Salerno  (1998); Cláudia Picoli (1999); Eleonor Gastal Lago (2000); Raul Mellere (2002); Maria Renita Burg Figueiredo (2002); Elson Romeu Farias  (2003); Moema Nascimento (2003); Moacir Andrade  (2003); Lídia Rosi Medeiros (2003); Leandro Gomes (2003); Dione Dutra (2003); Marcos Rowinski    (2005); Cheple Roberto Abib (2005); Adriane Ribeiro Rosa (2005); César Luis Silva dos Santos  (2005); José Carlos Ribeiro (2005); Lisiane Daris Munaretto (2006);Paulo Luis Farias Fernandes de Barros (2006); Paula Dal Campagnolo (2006);Katia Elisabete Pires Souto  (2006); Gisele Cristina Tertuliano (2006); Karen Mello de Mattos  (2007); Jorcen Simon de Souza.(2007); Raul Miguel Alles 2008); Débora Mari Junges Hermany (2008); Carla Luisa Job Ramos(2008); Jussara Munareto Silva (2009); Bibiana de Almeida Rubin (2009); Daiana Dal Ri Juswiak (2010); Rosane Cardoso Machado (2010).

Doutorandos de Airton Tetelbom Stein:

+Doutorado    

 Maristela Ferigolo (2004); Erno Harzheim (2004);  Tatiana Freitas Tourinho (2005).

9. Leila Tanous (2004)

10. João Werner Falk (2006)

 

O Professor Ellis Busnello esteve presente em 21 das 25 realizações da Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica. Ao examinarmos os trabalhos que apresentou podemos registrar sua coerência de objetivos. Iniciou com trabalhos sobre alcoolismo, depois passou para a psiquiatria comunitária, o Ensino, O diagnóstico tri-axial, Equipe psiquiátrica, Epidemiologia e neurociências.

Participou ainda de inúmeros congressos da Associação Brasileira de Psiquiatria, da Sociedade de Neurologia, Psiquiatria e Higiene Mental, dos Congressos gaúchos de psiquiatria. Foi Membro Associado da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre e da IPA.

Dessas inúmeras participações seu currículo Lattes registra 652 atividades.

No Índice Bibliográfico Brasileiro de Psiquiatria temos 127 entradas para o nome Busnello. (http://www.biblioserver.com/walpicci).

No Lattes aparece com 109 artigos e 45 capítulos de livros. (http://www.hcpa.ufrgs.br/content/view/529/764/).

O Professor Ellis Busnello teve participação ativa e foi o grande construtor de pelo menos três residências médicas e foi professor de uma quarta. Foi um dos defensores e destacado construtor da pós-graduação da UFRGS. Graças ao seu empenho em formar cérebros e ao brilho pessoal de muitos dos seus alunos a pós-graduação em Psiquiatria da UFRGS atingiu a nota máxima na CAPES e é uma usina na produção científica. Sua participação na Psiquiatria Comunitária marcou época no país e lhe rendeu admiração nacional. Participou de várias associações e ainda é atuante na Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina. Na Academia é titular da Cadeira 34 que pertenceu ao Dr. Jacinto Godoy Gomes.  Esperamos ter traçado em poucas linhas o perfil desse grande psiquiatra gaúcho, Ellis Alindo D´Arrigo Busnello.


TOP