Volume 22 - Novembro de 2017
Editor: Giovanni Torello

 

Setembro de 2007 - Vol.12 - Nº 9

France - Brasil- Psy

Coordenação: Docteur Eliezer DE HOLLANDA CORDEIRO

Quem somos (qui sommes-nous?)                                  

France-Brasil-PSY é o novo espaço virtual de “psychiatry on  line”oferto aos  profissionais do setor da saúde mental de expressão  lusófona e portuguesa.Assim, os leitores poderão doravante nela encontrar traduções e artigos em francês e em português abrangendo a psiquiatria, a psicologia e a psicanálise. Sem esquecer as rubricas habituais : reuniões e colóquios, livros recentes, lista de revistas e de associações, seleção de sites.

Qui sommes- nous ?

France-Brasil-PSY est le nouvel espace virtuel de “psychiatry on line”offert aux professionnels du secteur de la santé mentale d’expression lusophone et française. Ainsi, les lecteurs pourront désormais y trouver des traductions et des articles en français et en portugais  concernant la psychiatrie, la psychologie et la psychanalyse. Sans oublier les rubriques habituelles : réunions et colloques, livres récentes, liste de revues et d’associations, sélection  de sites

SOMMAIRE (SUMÁRIO):

 

  • 1. INCURÁVEL, A DOENÇA DE ALZHEIMER DESAFIA A PESQUISA
  • 2. ATUALIDADES : DOIS NOVOS LABORATÓRIOS NO GENOPOLE
  • 3. LIVROS RECENTES
  • 4. REVISTAS
  • 5. ASSOCIAÇÕES
  • 1. INCURÁVEL, A DOENÇA DE ALZHEIMER DESAFIA A PESQUISA

     

    Tradução e resumo do dossiê publicado no jornal ‘’La République du Centre’’

    Eliezer de Hollanda Cordeiro

     

    A doença, descrita pela primeira vez, em 1906, pelo médico alemão Aloïs Alzheimer, se caracterisa pela morte progressiva de células nervosas dentro do cérebro. A causa inicial resta  a descobrir.

     

    Primeira responsável pela dependência das pessoas idosas, esta patologia neurodegenerativa será alvo, no início de 2008, de um plano preparado por uma comissão designada pelo presidente da República.

     

    Incurável, a doença de Alzheimer continua um desafio para as pesquisas, conforme os dados seguintes :

     

    ESTATISTICAS

     

    * 860 000 pessoas sofrem da doença de Alzheimer na França

    * 2 100 000 pessoas poderiam ser vítimas desta doença em 2040.

    * 165 000 novos pacientes são diagnosticados a cada ano.

    * 17,8% das pessoas de mais de 75 anos sofrem da doença de Alzheimer ou de uma doença  aparentada.

     

     

    Agora, o governo francês pretende incentivar  as pesquisas, afim de melhor compreender as causas desta doença, conseguir diagnosticá-la de maneira precoce e enfim encontrar um tratamento  para esta   enfermidade neurodegenerativa, atualmente incurável.

     

    Para tanto, o novo presidente francês, Nicolas Sarkozy,  escreveu ao professor Joël Ménard, encarregado de preparar o plano para  combater esta enfermidade.  Em sua carta, o novo presidente da França salientou a necessidade de ‘’unir todos os esforços dos pesquisadores afim de  favorecer a descoberta de um diagnóstico homologado e de um tratamento eficaz indiscutivel’’. Porque ‘’é preciso progredir no conhecimento das causas, desenvolver as pesquisa clínicas e preventivas, melhorar as condições do diagnóstico’’ como declarou  o neurologista Bruno Dubois , do hospital Pitié-Salpêtrière, ao jornal Le Monde. Ele propôs em julho deste ano, ‘’o entrelaçamento de diferentes critérios (testes mnésicos, imagens cerebrais, marcadores biológicos…) afim de detectar a enfermidade o mais cedo possivel’’. A identificação destas moléculas específicas (bio-marcadoras), permitirá  o diagnóstico da doença, ‘’com toda certeza’’, em sua fase mais precoce. Avaliar também o efeito de novos medicamentos constitue, com o diagnóstico precoce, ‘’dois pontos fundamentais  deste plano de luta contra a doença de Alzheimer’’, declarou por sua vez  o Doutor Philippe Hantraye (Serviço hospitalar Frédéric Jolliot, em Orsay), chefe de uma unidade de pesquisa sobre as doenças neuro-degenerativas

     

     

     

    MENOS DE 5% DOS CASOS SÃO RELACIONADOS COM A HEREDITARIEDADE

     

    As pesquisas devem sobretudo ‘’encontrar modelos animais mais pertinentes’’da doença, disse ainda o Doutor Philippe Hantraye.

    Menos de 5% dos casos diagnosticados são imputados a uma  hereditariedade, mas até agora não foi possivel descobrir  um marcador genético capaz de permitir um diagnóstico indubitável da doença. Para tanto, torna-se necessário validar outros tipos de biomarcadores, permitindo o diagnóstico da enfermidade antes mesmo que seja percebida a deterioração das funções cognitivas (atenção, memória, etc.).

     

    Um objetivo que o Doutor Philippe Hantraye espera poder ser alcançado dentro de dois anos, graças ao projeto TransAl, o qual  associa as firmas farmacêuticas Sanofi-Aventis e Servier  ao Serviço hospitalar Frédéric Jolliot.Este projeto, que recebeu o apoio das finanças públicas, tem também  por objetivo encontrar, no primata, um novo modelo animal da doença para  facilitar a produção de novos medicamentos.Se a doença puder ser diagnosticada no início, a etapa seguinte consiste em opor-se ao  processo degenerativo, graças a terapias capazes de proteger os neurônios existentes, favorecendo a retomada do desenvolvimento  das  terminações nervosas.

     

    O PLANO - MODELO DO LIMOUSIN

     

     A constituição de equipes móveis compostas de psiquiatras, geriatras e neurologistas faz parte das propostas da comissão Alzheimer. O acompanhamento de pacientes sofrendo desta doença tornou-se uma realidade em Limoges, capital da região do Limousin, onde foram criadas   equipes móveis multidisciplinares  no hospital  Esquirol.

    Segundo Francis Fournereau, secretário geral da Agência regional da hospitalização (ARH), ‘’ o princípio de equipes móveis multidisciplinares ‘’, lançado em 2002 em Limoges, ‘’vai ser estendido em todo o país’’.

     

    O sistema do hospital Esquirol compreende uma unidade para hospitalizações, com  70 leitos, e  equipes compostas de psiquiatras, geriatras e neurologistas, cuja função consiste em  acompanhar pessoas idosas dependentes, seja no próprio domicílio dos pacientes, seja  nos hospitais.  

     

     

     

    FORMAS PRECOCES DESDE OS 45 ANOS

     

    Este sistema de cuidados  foi possivel  graças a uma parceria com o Centro Hospitalar Universitário (CHU) Dupuytren de Limoges, que integrou em sua política geriátrica, um Centro memória  de finanças  e pesquisas (CMRR), uma associação de acompanhadores de famílias(France Alzheimer) e a ARH(Agência Regional de Hospitalização) encarregada do diagnóstico precoce da doença, afirmou Antoine Pacheco, diretor do hospital Esquirol.

     

    Quatros equipes funcionam em Limoges, Tulle, Brive-la-Gaillarde (Corrèze) e Guéret (Creuse).Tres outras devem começar a funcionar em 2008, em Saint Yrieix, Saint-Junien (Haute Vienne) e Ussel (Corrrèze).

     

    O Professor Jean-Pierre Clément, responsável médico do pólo psicogeriatria do CHU de Limoges,  se inquieta ‘’ pela frequência cada vez maior da doença em pessoas de 45 a 60 anos de idade, ainda ativas e as vezes responsáveis de família, inclusive de filhos menores. Ele preconiza uma participação  dos ‘’ médicos  generalistas voluntários e formados  ‘’ nos diversos serviços da região do Limousin’’.

     

     

    2. ATUALIDADES : DOIS NOVOS LABORATÓRIOS NO GENOPOLE.

     

    Leio no Portail du gouvernement, Premier ministre :

     

    Valérie Pécresse, Ministra do Ensino superior e da Pesquisa, inaugurou, no dia 11 de setembro, em Evry, dois novos laboratórios no Genopole, centro de referência para  a pesquisa e o ensino da genética, genômica e  pós-genômica.

    < O instituto de células troncos para o tratamento e o estudo das doenças monogênicas, I-Stem,  dirigido por Marc Peschanski.Nascido de uma associação entre o INSERM e a AFM, o I-Stem desenvolverá seus trabalhos com células troncos embrionárias afim de  preparar terapias de substituição ou regeneradoras. Na mira, doenças raras :cardiomiopatias,  doenças neuromusculares,genodermatoses, doenças neurodegenerativas.

     

    < O laboratório ‘’Estrutura e atividade das biomoléculas normais e patológicas’’, dirigido por Patrick Curmi. Suas equipes estudarão a estrutura do átomo e o funcionamento de moléculas do esqueleto da célula.Isto concerne várias  afecções invalidantes : câncer, doença de Alzheimer, esquizofrenia…Estudos capitais serão também realizados sobre AIDS e  anomalias genéticas. O desenvolvimento de medicamentos eficientes, com efeitos indesejáveis limitados, será um objetivo prioritário das pesquisas.

     

    Construido a partir de uma parceria entre o INSERM  e a universidade  d’Evry-Val-d’Essonne, este laboratório de pesquisas pensa  atrair para o site de Evry, futuros líderes em matéria de pesquisa e desenvolvimento.

     

    3. LIVROS RECENTES

     

    La Lettre de Psychiatrie Française de mai 2007  propõe aos leitores os seguintes livros publicados :

     

    *Lessons psychanalytiques dur le masochisme

    ASSOUN Paul-Laurent

    Anthropos, 10 euros

     

    *Édifier un monde

    ARENDT Hannah

    Seuil, 19 euros

     

    *Mère et fils

    BRACONNIER  Alain

    Odile Jacob, 8 euros

     

    *Le féminin et le sacré

    CLEMENT Catherine, KRISTEVA Julia

    Pocket, 7,60 euros

     

    *Psychiatrie et existence

    FEDIDA Pierre (sous la direction)

    J.Millons, 30 euros

     

    *Humanitude : comprendre la vieillesse,

    prendre soin des hommes vieux

    GINESTE Yves, LAROCHE Geneviève, PELISSIER Jerôme

    Armand Colin, 25 euros

     

    *Le complexe de castration

    GREEN André

    PUF, 8 euros

     

    *Pouquoi les pulsions de destruction ou de mort ?

    GREEN, André

    Ed .du Panama, 15 euros

     

    *L’actualité de la pensée de BION

    GUIGNARD Florence, BOKANOVSKI Thierry (sous la direction)

    In Pess, 19 euros

     

    *Nous ne sommes pas seuls au monde :

    les enjeux de l’ethnopsychiatrie

    NATHAN Tobie

    Points, 9 euros

     

    *Tristes paradis: psychologie des addictions et toxicomanies

    RICHARD Denis, SENON JEAN Louis

    Larousse, 19,90 euros

     

    *Vivant jusqu’à la mort : suivi de Fragments

    RICOEUR Paul

    Seuil, 14 euros

     

    *Ainsi soient-ils ! A l’école de l’adolescence

    VAN MEERBEECK Philippe

    De Boeck, 18,50 euros

     

    *Où en est-on avec le transfert?

    Association lacanienne internationale (2004-Nancy),

    Journées de 25 et 26 septembre 2004

    15 euros

     

    *Ethique et recherche biomédicale : rapport 2005

    Documentation Française, 18 euros

     

    *L’hôpital : obligation de soins, contraintes budgétaires

    Documentation Française, 14 euros

     

    *Cahiers d’études lévinassiennes, 6, L’Universel

    Verdire, 28 euros

     

    4. REVISTAS

     

    *Impacte medecine

    *La revue française de psychiatrie et de psychologie medicale 

    *L’encephale

    *Neuropsy

    *Nervure

    *PSN :(psychiatrie, sciences humaines, neurosciences) : rue de la convention, 75015 paris. Fax : 0156566566

    *Psychiatrie française

    *Psydoc-broca.inserm.fr/cybersessions/cyber.html

    *Evolution psychiatrique

     

    5. ASSOCIAÇÕES

     

    *Association française pour l’approche integrative et eclectique en psychotherapie (afiep)

    *Association française de psychiatrie et psychologie legales (afpp)

    *Association française de musicotherapie (afm)

    *Association art et therapie

    *Association française de therapie comportementale et cognitive (aftcc)

    *Association francophone de formation et de recherche en therapie comportementale et Cognitive (afforthecc)

    *Association de langue française pour l’etude du stress et du trauma (alfest)

    *Association de formation et de recherche des cellules d’urgence medico-psychologique (aforcump)

    *Association nationale des hospitaliers pharmaciens et psychiatres (anhpp)

    *Association scientifique des psychiatres de secteur (asps)

    *Association pour la fondation Henri Ey

    *Association internationale d’ethno-psychanalyse (aiep)

    *Collectif de recherche analytique (cora)

    *Ecole parisienne de gestalt

    *Ecole française de sexologie

    *Ecole de la cause freudienne

    *Groupement d’études et de prevention du suicide (geps)

    *Groupe de recherches sur l’autisme et le polyhandicap (grap)

    *Groupe de recherches pour l’application des concepts psychanalytiques a la psychose (grapp)

    *Société française de gérontologie

    *Société française de thérapie familiale (sftf)

    *Société française de recherche sur le sommeil (sfrs)

    *Société française de relaxation psychotherapique (sfrp)

    *Fédération française d’adictologie

    *Société ericksonienne

    *Société de psychologie medicale et de psychiatrie de liaison de langue française

    *Société médicale Balint

    *Union nationale des amis et familles de malades mentaux (unafam)

    *Association Psychanalytique de France (apf)

    *Société Psychanalytique de Paris (spp)

     

     

    *Coordination (coordenador): Eliezer de HOLLANDA CORDEIRO

    [email protected]


    TOP