Volume 22 - Novembro de 2017
Editor: Giovanni Torello

 

Abril de 2004 - Vol.9 - Nº 4

Psicanálise em debate

Capturando os Friedman e algo mais

Sérgio Telles

O documentário “Na captura dos Friedman” (Capturing the Friedmans, 2003), de Andrew Jarecki, foi indicado para o último Oscar da categoria e ganhou o prêmio do grande júri do Sundance Film Festival, além daqueles dados por críticos de cinemas de onze grandes cidades norte-americanas.

O filme expõe a tragédia que se abateu, nos anos 80, sobre os Friedman - Arnold, Elaine e seus três filhos, David, Seth e Jesse. Arnold é um professor aposentado que - juntamente com seu filho mais novo - dá aulas de computação em sua própria casa para as crianças de seu bairro de classe média alta.

O andamento da família desaba com as acusações de pedofilia que são dirigidas ao professor e ao filho mais novo. Eles foram condenados e encarcerados. O pai se suicida na penitenciária e o filho cumpre mais de dez anos de pena. O filho mais velho recusa-se a crer na culpa do pai ainda hoje, jogando toda a culpa na mãe e o filho do meio não se manifesta, não quis participar das filmagens. A mãe rememora todo o caso num misto de isolamento e dissociação.

O texto completo deste artigo está no livro "O psicanalista vai ao cinema II", da Editora Casa do Psicólogo, São Paulo, 2008.


TOP