Volume 11 - Março de 2006
Editor: Giovanni Torello

 

Outubro de 2000 - Vol.5 - Nş 9

Psiquiatria Baseada em Evidências

Psiquiatria e principais fontes de dados

Dr Antonio Carlos Lopes

Nos dias 25 a 28 deste mês de outubro, no Rio de Janeiro, estaremos assistindo ao XVIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria, cujo tema principal é "Psiquiatria: experiência clínica e evidência científica".

Vários simpósios serão realizados quanto a aplicações da chamada "medicina baseada em evidências" na área de saúde mental. O uso do computador, da Internet e das inúmeras bases de dados em medicina também entrarão na pauta do Congresso.

Nesta edição, ao contrário das anteriores, não pretendo comentar sobre estudos de revisões sistemáticas, nem descrever detalhes sobre qualidade metodológica ou métodos de obtenção de dados. Pensando na "linguagem da Internet" e nos usuários do Congresso, ofereço um resumo dos principais recursos de informática em Psiquiatria baseada em evidências, de fácil acesso. Maiores detalhes poderão ser obtidos nas edições anteriores desta revista eletrônica.

Há essencialmente 3 grandes grupos de informações as quais podem ser obtidas nesta área através dos recursos de informática:

  • Acesso a bases de dados computadorizadas em Medicina/Psicologia.
  • Obtenção de informações sobre páginas na Internet, endereços de pessoas, números de telefones, etc.
  • Assinatura ou acesso gratuito ao formato eletrônico de revistas científicas.

Deixo a seguir uma lista dos principais recursos, com "links", quando disponíveis:

1. Acesso a bases de dados computadorizadas em Medicina/Psicologia:

MEDLINE: base de dados da área médica/biomédica, da National Library of Medicine dos Estados Unidos. Indexa mais de 11 milhões de referências, principalmente de artigos em língua inglesa.
Formas de acesso:

  • Assinatura de CD-ROMs distribuídos por empresas especializadas (SilverPlatter, Ovid, principalmente).
  • Através da Internet: página da PubMed (www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed) -gratuito;
    página da BIREME (
    www.bireme.br)
    outras páginas, gratuitas (HealthGate, por exemplo), ou pagas.

EMBASE: base de dados européia, das áreas médica/biomédica. Indexa ao menos 4700 revistas de 110 países.
Formas de acesso:

  • Assinatura de CD-ROMs distribuídos por empresas especializadas (SilverPlatter, Ovid, principalmente), ou através de páginas na Internet, pagas (HealthGate, por exemplo).

LILACS: base de dados latino-americana, das áreas médica/biomédica. Estrutura semelhante à MEDLINE.
Formas de acesso:

  • Através da página da BIREME (www.bireme.br), ou em CD-ROMs, também distribuídos pela BIREME.

PsycLit: base de dados em Psicologia, da American Psychological Association. Indexa ao menos 1300 periódicos em saúde mental.
Forma de acesso:

  • Assinatura de CD-ROMs distribuídos por empresas especializadas (SilverPlatter, Ovid, principalmente).

Science Citation Index (SCISEARCH): base de dados de referências bibliográficas, indexadas por autor ou assunto, composta por mais de 3200 periódicos em ciências e tecnologia, de mais de 50 países e 30 idiomas.
Forma de acesso:

  • Através da página de links da "Web of Science" da Fapesp (www.fapesp.br). Disponível em centros universitários ou na BIREME.

Cochrane Library: base de dados da Cochrane Collaboration, contendo referências a ensaios clínicos randomizados e estudos de revisão sistemática/meta-análise.
Formas de acesso:

2. Obtenção de informações sobre páginas na Internet, endereços de pessoas, números de telefones, etc.

Diferentes páginas na Internet ("máquinas de busca", ou de "meta-busca") permitem encontrar páginas sobre os mais variados assuntos:

Máquinas de busca internacionais:

Máquinas de busca nacionais:

Máquinas de meta-busca (procuram em várias máquinas de busca ao mesmo tempo):

Máquinas de busca de e-mails/endereços/telefones:

3. Assinatura ou acesso gratuito ao formato eletrônico de revistas científicas:


TOP